Afrobeat, Brazuka, Música, Rap, Rock

Conheça a mistura sonora da banda mineira Filhos de Sandra

Apresentando Hot e Oreia, dois dos emcees mais originais do país, no comando dos microfones, a banda Filhos de Sandra faz um som permeado por vários gêneros musicais presentes aqui na matriz do mangue. O grupo da capital mineira tem o rap como ponto de partida, mas acrescenta na mesma panela ingredientes temperados com especiarias do reggae, rock, jazz, afro e brazuca. Além dos integrantes da DV Tribo, o projeto ainda traz os instrumentistas Chuck, Jean Clo, Dedé, Pedrão e Fantini, que também fazem parte de outros combos da cena alternativa de Belo Horizonte como Absinto Muito, Dom Pepo e Ménage.

Já tínhamos visto alguns trabalhos dos mineiros, mas só nos ligamos no tanto que o som é louco na semana passada, quando eles lançaram um vídeo embalado por três faixas. A primeira delas, Xangô, chega no melhor estilo afrobrazuca e abre os caminhos para Hot soltar a voz com muita categoria em cima do instrumental. Depois eles convidam o baiano Baco para fazer o som 999 e ainda finalizam a sessão com didgeridoo na chapada produção LSDMTHC. A sintonia de longa data entre os dois vocalistas, além da excelente cozinha pilotada pela banda, faz o som dos caras sair de maneira verdadeira e ecoa diferente de boa parte do que costuma ser encontrado em solo brasileiro.

Aproveitamos a oportunidade e também abastecemos a postagem com mais dois trabalhos do projeto, as músicas Zandra e Consome. Caso você goste do som, vale a pena fazer o garimpo e ficar por dentro dos trabalhos paralelos dos integrantes.

Filhos de Sandra

Post AnteriorPróximo Post