Jazz, Música, Soul

Navegue pelas águas do jazz no novo disco da trompetista Yazz Ahmed, La Saboteuse

Dona de um currículo que traz trabalhos ao lado de nomes como Radiohead, Jazz Jamaica, Toshiko Akiyoshi, Max Romeo e Lee Perry, a trompetista e compositora Yazz Ahmed estreia aqui no modesto endereço virtual do mangue com o disco La Saboteuse – O Sabotador, em francês. Natural do Bahrein, no Oriente Médio, mas radicada desde os nove anos de idade em Londres, a mana despachou o álbum em questão no mês passado pelo selo Naim Jazz. Prensado naquele enxuto modelo de 180g e disponível em apenas 500 cópias – todas esgotadas, por sinal – o álbum embala vossa segunda com música de primeira ao som das 13 faixas do repertório.

Retirado do forno seis anos depois do long play Finding My Way Home, o novo registro de Yazz foi dividido em quatro capítulos, onde cada um deles traz uma ilustração diferente da talentosa artista britânica Sophie Bass. “Ninguém nunca tinha criado arte a partir da minha música. Foi muito especial a colaboração dela”, disse Ahmed em entrevista no Reino Unido.

Se você também gostou da capa, pode botar uma fé na indicação do Mangroovee e apertar o play porque o instrumental mantém a mesma qualidade do desenho. É só aumentar o volume e embarcar numa longa viagem pautada pelo jazz experimental, mas que também apresenta bastante psicodélia e várias referências sonoras do mundo árabe. Encosta aí, vai…

Yazz Ahmed

Post AnteriorPróximo Post