Escute o podcast do DJ Ramiro Z em homenagem aos 90 anos de John Coltrane

Em homenagem aos noventa anos do mestre John Coltrane, o pesquisador e DJ Ramiro Zwestch (Patuá Discos | Radiola Urbana) preparou um podcast especial sobre o gênio do jazz. Você pode – e deve – deixar o domingo muito melhor por aí conferindo o player abaixo, que traz Alice Coltrane, Doug Carn, Gil Scott-Heron, Mankunku Quartet, Larry Young, entre outros artistas influenciados pelo lendário saxofonista. O canal do Ramiro também traz programas dedicados a nomes como Moacir Santos, Miles Davis e Juan Pablo Torres. Acompanhamos as aulas sonoras desde os tempos do antigo endereço virtual da Radiola. Se não conhece o trabalho, procure ficar por dentro pois a pesquisa é muito bem feita.

Ramiro Z

Assista ao longa Jean Michel Basquiat – Traços de Uma Vida

Aproveita que você tá chegando do trabalho agora, desligue a televisão aí desse lado e chega mais na sessão intercine do mangue. O protagonista da história de hoje é o mista Jean Michel Basquiat no longa Traços de Uma Vida, que tá disponível e dando sopa com legenda ali no YouTube. Não vamos alongar muito o texto sobre o grafiteiro que revolucionou o mercado da arte moderna porque o filme abaixo dichava toda a história do mano. Você só precisa ficar confortável em vossa residência e conferir a película.

Depois de 12 anos, o De La Soul volta à ativa com o disco And The Anonymous Nobody. Ouça

A última semana foi bem corrida aqui desse lado e não teve como atualizarmos o site diariamente. Mas estávamos atentos aos novos sons e ficamos só aguardado a melhor hora para encostar aqui na matriz e voltar à ativa. Você deve ter visto as postagens que fizemos com algumas prévias do mais recente álbum do De La Soul, o disco And The Anonymous Noboy. O lendário grupo de Long Island, nos EUA, mexeu muito bem o doce até o lançamento do release e foi amenizando a curiosade da rapaziada soltando faixas com Snoop Dog, Usher, Little Dragon e até o EP Pain & Suffering.

album

E depois de bastante espera, mais precisamente 12 anos, quando o De La lançou o álbum The Grind Date, o trio finalmente tirou da manga o aguardado trabalho. Embalando o expediente com 17 músicas, o registro, que apresenta participações de nomes como Jill Scot, Roc Marciano, Pete Rock, David Byrne e 2Chainz, rouba a cena nas tracks Pain, TrainWreck, Here In After, Whoodeeni, Snoopies, Royalty Capes, Memory Of… (US) e Genesis.

Caso vossa senhoria bote alguma fé nas nossas indicações musicais, deixe de perder tempo e aperte o play abaixo para dichavar na íntegra o oitavo disco de estúdio assinado por DJ Maseo, Dave e Posdnous.

De La Soul

Ouça e faça o download da nova mixtape assinada pelo mangue: Onda Vol. 2, do DJ Gusta

É com imenso prazer que o mangue abre os caminhos da terça-feira ao som do mais novo trabalho da firma. O segundo volume da mixtape Onda – clique aqui para escutar o primeiro – tem a capa assinada pelo nosso diretor de artes Eduardo Falcão e traz esse que vos escreve, o DJ Gusta, no comando dos toca-discos.

O cardápio do play ficou bastante variado e colocamos nos pratos nomes como Sono TWS, Amerigo Gazaway, BaianaSystem, Anderson .Paak, Rodrigo Ogi, Maga Bo, DJ Machintal, JAMÉS VENTURA, Karriem Riggins Sola Rosa, Combo X, MC Marechal e por aí vai. Ainda estamos no começo da caminhada nos toca-discos, mas gostamos do resultado final da produção. Sugerimos que vossa senhoria chegue no play e tire suas próprias conclusões. Se gostar, é só fazer o download dentro do próprio player e fazer o rolê com a trilha. Valeu todo mundo que dá suporte ao trabalho. O mangue agradece!

O ilustrador Fat Dog assina o chapado clipe de Japan Dreams, do produtor Mestre Xim. Assista

No último mês de março, o produtor carioca Mestre Xim lançou pela Beatwise Recordings a beat tape Internação Vol. 1, que, até o momento, foi o único álbum retirado do forno do selo paulistano em 2016. Entre as 15 batidas presentes na produção, a faixa de número 6, Japan Dreams, acabou de ganhar um clipe muito louco, cheio de ilustrações desenhadas pelo artistas Fat Dog. Tudo o que vossa senhoria precisa fazer e apertar o play abaixo para climatizar o ambiente aí desse lado.

Mestre Xim | Fat Dog

O groove da Mãe África chega pesado nas novas faixas do grupo Èkó Afrobeat. Ouça

Já faz alguns meses que atualizamos o site com a faixa Enemy, do grupo brasileiro Èkó Afrobeat, que, naquela ocasião, homenageou o mestre Fela Kuti inspirados na clássica música Water Get No Enemy. Agora, cerca de quatro meses depois, o combo residente de São Paulo volta até o mangue e arremessa três tijoladas de uma só vez. O instrumental Reyes chega acompanhando dos sons Mulher Negra e 10 de Abril, que podem – e dever – ser escutados por vossa senhoria nos players abaixo. Assim como a banda baiana IFÁ e os cariocas da Abaymoy, além, é claro, da já consolidada big band paulistana Bixiga 70, o Èkó garante o alto nível que o groove da mãe áfrica bem representado em terras brasileiras.



Èkó Afrobeat

Inspirado na série Stranger Things, o EP Campanha é o novo trabalho do Parteum. Ouça

Em meio à correria cotidiana aqui do mangue, acabou passando batido o lançamento mais recente do mestre Parteum, o EP Campanha. Mas já estamos de volta para resolver essa situação e deixar você por dentro dos três instrumentais que embalam o último release do rapper/produtor/videomaker paulistano. Todo inspirado no seriado gringo Stranger Things, o trabalho, disponível no player abaixo, apresenta as faixas O Ponta-Cabeça, Demorgogon Ensino Médio e Hawkins Bounce 11. Como nunca assistimos à série em questão, sampleamos as aspas do próprio Parteum em entrevista concedida ao portal Noisey (VICE) para explicar melhor sobre todo o processo da trilha. Vale a pena ler e ouvir.

Parteum: Não usei samples, mas existe uma série de emuladores que eu uso pra fazer música. A maioria tem timbres bem manjados dos anos 80. Basicamente, dão ao ser comum o poder de ter timbres parecidos com os dos sintetizadores que Vangelis, Bernie Worrell (RIP), Stevie Wonder e Rick Wakeman usaram, ou usam. Pra compor, como costuma ser feito em trilhas do gênero, criei uns arpeggios, fui pirando nas divisões e criei batidas e melodias a partir disso. Posso te dar três referências evidentes: Blade Runner, Tron e a fase mais eletrônica do J Dilla.

Parteum| Noisey

Assista ao trailer do doc O Homem do Saco, que retrata os catadores de São Paulo

Dirigido por Carol Wachockier, Felipe Kfouri e Rafael Halpern, o doc O Homem do Saco mergulha de cabeça no mundo dos catadores, profissionais praticamente invisíveis e que exercem papel fundamental na cadeia de reciclagem da sociedade. O filme apresenta e narra a história de trabalhadores da cidade de São Paulo, além de contar com depoimentos de nomes como Emicida e Mundano, grafiteiro e ativista social de forte atuação no tema.

Enquanto o documentário não é disponibilizado na internet, vossa senhoria pode conferir no player abaixo o trailler da produção ou então assistir à estreia na 5ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, na cidade de São Paulo. A trilha sonora ainda traz faixas boladas pelo ninja DJ MAKŌ e até o produtor Gramatik cedeu uma track para embalar a história. Além de várias figuras importantes envolvidas na história, a pauta proposta no registro é totalmente relevante. Deixe o domingo bem melhor aí desse lado apertando o play.

O Homem do Saco (The Scavenger) – Trailer from Carolina Wachockier on Vimeo.

Conheça melhor o rolê de tinta dos irmãos Skola’s no novo vídeo da série Nou Advocates

Nós colocamos há um tempo aqui no site o trabalho que a marca NOU Colors promove com os vídeos do projeto Nou Advocates. A série feita pela fabricante nacional de sprays já apresentou produções protagonizadas por grafiteiros como Sujo, Enivo, BR FBC, Marcelo Eco, e, agora, eles passaram a bola para os irmãos Skola’s (Trouble In The Town). Caso você queira conhecer melhor o rolê de tinta dos manos pelas ruas de São Paulo, chega no player abaixo para conferir o bombardeio da madrugada com a batida do amigo Sono TWS de fundo.

Nou Advocates: Ep. 05 – SKOLA'S from noucolors on Vimeo.

Nou Advocates

Assista á palestra 30 Anos de Rap, com KL Jay, que fez parte do Pulso 2016

Com produção assinada pela Red Bull, O Pulso é um evento anual que finalizou os trabalhos da segunda edição no final de abril. A ideia do projeto é reunir cabeças musicais dos quatro cantos do país no QG da marca de energético, em São Paulo, e oferecer toda a estrutura necessária para a criação de diversas experimentações sonoras. A última versão teve curadoria de Kamau, Chico Dub, Filipe Cartaxo, Juliana Baldi, Felix Robatto e Mackloys Aquino, além de convidados como Pedro Dom (O.C.L.A.), Zudzilla, D. Raillow, DJ Nyack, Junix e Mestre Xim.

E assim como toda a programação da ocupação, que teve apresentação do lendário Região Abissal, palestras e workshops, o encerramento do Pulso 2016 manteve o nível lá em cima. KL Jay foi convidado pela organização para trocar uma ideia sobre carreira, bailes blacks, Racionais MC`s, centro da capital paulista e por aí segue. Você pode conferir o papo inteiro entre o deejay e o jornalista Amauri Gonzo no player abaixo. Não é todo dia que um dos principais totens do rap nacional passa a visão. Aproveita.

Pulso 2016