Dām-Funk: 45 Minutes of Funk

Capitão da Stones Throw Records, o mano Peanut Butter Wolf convidou outro artista de peso da franquia, conhecido pela alcunha de Dām-Funk, e subiu no SoundCloud da gravadora dois players embalados com finas seleções de funk. Disponíveis para download ao final da postagem, as produções foram disponibilizadas um dia antes do ano novo e vão deixar o começo de 2016 muito mais agradável por aí. Entre elas, o mangue preferiu o play comandando pelo mista Dām-Funk, que pode – e deve – ser escutado por vossa senhoria logo abaixo. Não é todo dia que os caras colocam a pesquisa musical na rede. Então aproveita aí, filho(a).

JR.Dynamite – Summénage Mix 012

O projeto australiano Summénage convida todo mês um DJ da terra dos cangurus para produzir uma trilha sonora em homenagem à estação mais quente do ano. Na edição de número 12 da saga, o convidado da vez foi o deejay JR.Dynamite, que embalou 33 minutos com nomes como Ray Charles, Charles Wrights and the Watts 103rd Street Rhythm Band, Etta James, Marvin Gaye, The Soul Fantastics e muito mais. O melhor de tudo isso é que o play tá disponível para download no SoundCloud do canal. Aproveita aí, filho(a)!

Grupo baiano SuspeitoUmDois leva o troféu no AudioGroove Festival

Na última quinta-feira, fomos convidados pela organização do AudioGroove Festival pra chegar no evento e relatar nossas impressões sobre a celebração aqui na matriz do mangue. Saímos de São José do Rio Preto com destino à São Paulo e conferimos de perto as apresentações de Rashid, Tássia Reis, Thaíde, Edy Rock, Dexter, Ndee Naldinho e DJ Marco. Além de vários shows com nomes da nova e da velha escola do rap nacional, a noite realizada no AudioClube, na Zona Oeste da capital, também promoveu boas apostas do cenário nacional em matéria de ritmo e poesia.

E foram exatamente os artistas presentes no line up da noite que escolheram o vencedor do concurso de novos talentos realizado pelo AudioGroove, que colocou frente a frente na final os grupos SuspeitoUmDois, da Bahia, e TheStreetJJ, de Sampa. O primeiro deles, representante do rap baiano, chegou com os dois pés na porta citando Chico e Dorival nas linhas e levou o caneco pra casa.

Escalado com Binho S.U.D e Maurício MDN nas rimas, mais o DJ Bruno Duende nos pratos, o SuspeitoUmDois ainda não tinha ecoado no Mangroovee. E como, felizmente, conhecemos o trampo dos manos colando no festival, nada mais justo que utilizar nosso modesto endereço virtual para propagar o som deles. No player abaixo, você pode escutar, na íntegra, o disco A Saga do Baiano Legal Em Concrete Jungle, que pode ser baixado ao final do post. Se curtir o som, fica esperto aqui no site porque vamos trocar uma ideia com eles em breve.

Blundetto – Jamaican Sweetness | Summer Dub Mixtape

O francês Blundetto tem uma ligação forte com aquela bonita ilha caribenha responsável por produzir nomes como Dennis Brown, Bob Marley e Barrington Levy. Além da seleção Reggae Heartbreaker, feita em parceria com Don Camilo, e o disco World of Dub, lançado no último dia 20, outros trampos assinados por ele apresentam várias influências do reggae. E para provar que realmente chapa no som emitido pela ilha, Blundetto lançou, em um intervalo de quatro meses, duas mixtapes dedicadas à música jamaicana.

Summer Dub Mixtape e Jamaican Sweetness apresentam duas vertentes da sonoridade criada pelas bandas de lá. A primeira chega mais densa, recheada com instrumentais carregados de delays, echos e reverbs. Mas a segunda é suave e equaliza a balança com nomes como Maytones, John Holt, Delroy Wilson e Ken Boothe. Lançadas pelo selo Lucien, as duas produções presentes nos players abaixo estão disponíveis para download gratuito. É só se ajeitar aí e chegar no play

Blundetto – Facebook

DJ Chris Read – The Pharcyde Labcabincalifornia

Se o disco People`s Instinctive Travels and The Paths of Rhythm, do A Tribe Called Quest, completou 25 primaveras neste ano, outro clássico da golden era, mais conhecido como Labcabincalifornia, do Pharcyde, acabou de alcançar a marca de 20 anos de vida. E sempre que um álbum simbólico da época de ouro do rap faz aniversário, a revista Wax Poetics e o site Who Sampled convidam o DJ Chris Read pra bolar uma produção com as originais e as sampleadas do trampo em questão.
 
Stan Getz & Luis Bonfá, Bob Marley, Roy Ayers, Run D.M.C, The Beastie Boys, Wu-Tang Clan e Mass Production são alguns dos nomes surrupiados pelos manos de Los Angeles. Você tem a chance de pegar a tracklist completa no link ao final do post e escutar o mix no play abaixo. Chega mais!

DJ PG – Soul Salva

Uma das nossas principais referências quando o assunto é toca-disco, o DJ PG, integrante de projetos como Elo da Corrente, Zulumbi e Maquinado, subiu ontem no Mixcloud a produção Soul Salva. A mixtape foi feita com boa parte dos sons que ele rodou na festa Só o Soul Salva. Em exatos 54 minutos, o paulistano embala o player com Aretha Franklin, Darondo, Donovan Carless, Freda Payne, Al Green, Silver Convention, Bill Whiters e muito mais. Então aperte o play aí e veja se a soul music também te salva.

Gilles Peterson – Rainy In São Paulo

O britânico Gilles Peterson passou mais uma vez pela paulicéia desvairada na semana passada e aproveitou para gastar algumas libras com discos brasileiros. O cara deu um rolê com o DJ Nuts e o produtor Kassin, renovou o arsenal de raridades e saiu do Brasil carregando bolachas de nomes como Abilio Manoel, Marilla Medalha, Erlon Chaves, Tim Maia, Erasmo Carlos, Gilberto Gil, Doris, Brasil 40 Graus, Chico Rodrigues e Pip, entre outros.
 
Como o mano Gilles não é egoísta, ele colocou todo a pesquisa no player abaixo. Caso você queira ter uma aula de música brasileira, é só apertar o play. Se também tiver afim de dixavar a tracklist, fique à vonts.
 
Maria Bethania – Mariana Mariana (Philips)
Sergio Ricards – A Fabrica (Elenco)
Luiza – Abandono (arrangement: Moacir Santos) (RCA)
Albert Mota e seu conjunto – Arrastão (Polydor)
Marilla Medalha – Memorias De Marta Sare (Philips)
Quinteto Armorial – Xincuan (Discos Marcus Pereira)
Karma – Transe Uma (Arrangement Artur Virocai) (RCA)
Os Orixas – Logun Ede (Som Livre)
Martelo – Repente Alagoana (Discos Marcus Pereira)
Doris – E Isso Ai (Odeon)
Abilio Manoel – Luiza Manequim (Odeon)
Brasil 40 Graus – Homem da Noite (Ritmos)
Geraldo Flach – Memories de quintal (Riocell)
Erlon Chaves – Tatuzinho e Leite (Gloria)
Eklipse – Soul Psicose (Intersong)
Tim Maia – I Am Rational (Soulman)
Xango – Cortejo (Xango Records)
Chico Rodrigues e Pipo – Columbande (Esapa Brasiliera)
Pirata – Vo Mimbora Ori Sertao (Verao)
Anah – Sao Sarue (arrangement: Hareto Salvanini) (Discos Marcus Pereira)
Erasmo Carlos – E Preciso Dar Um Jeito Meu Amigo (Philips)
Comunicação Nacional – Maracatu Atômico (Discofam)
Carimbo e Sirimbo do Pinduca – Menina, Menina (AMC)
Luiz Da Muricoca – Iansa – Nanaio – Olobo (Philips)
Gilberto Gil – Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band (Live in London 1971) (Descobertas)
Deli Alves – A Bruxa Nao Da Colher de Cha (Engecenter)
Wilson Rodrigues – Peca Bis (Continental)
Getúlio Dos Santos – Samba De Uma Nota So (America Records)
Cynara e Cybele – Januária (arrangement Luiz Eca) (CBS)
Severino Araujo – Baião (Continental)


 

Gilles Peterson – Site Oficial

The Hop X Damu the Fudgemunk – DJ Soul Supreme

Capitão do time da Redefinition Records, o produtor Damu The Fudgemunk bota a cara no mangue há muito tempo, desde nossas raízes no blogspot. E, enquanto a gente dava um rolê pelo SoundCloud, apareceu o play The Hop X Damu the Fudgemunk, feito pelo DJ Soul Supreme. O deejay holandês, que atualmente mora na cidade de Telaviv, em Israel, separou os discos e apertou o rec para gravar 19 minutos embalados somente com faixas produzidas por mista Fudgemunk. Pode botar uma fé porque o tributo ficou louco. Então chega mais e confira você mesmo, gente boa!

Guts – Pura Mixtape 9 (Diggin’ in Cuba)

O produtor francês Guts, que colou recentemente aqui no mangue com o EP Open Wide, viajou até Cuba e caiu de cabeça nos sebos da ilha para garimpar algumas preciosidades escondidas por lá. Toda a pesquisa realizada por ele foi introduzida na produção Pura Mixtape 9 (Diggin’ in Cuba), lançada há um mês e disponível, na íntegra, no player abaixo. Com quase duas horas de duração, a trilha pode – e deve – ser baixada por vossa senhoria ao final do post. Então acenda vosso charuto cubano aí desse lado e sintonize seus tímpanos no que existe de melhor em matéria de música latina.

Favela Sound System – Mixtape Roots JA Muzik

Equipe de som estabelecida em Jundiaí, no interior de São Paulo, o Favela Sound System disponibilizou no começo da semana uma mixtape embalada somente com discos de música jamaicana. Munida com as próprias caixas, echo, delay, e reverbs, a posse coloca a agulha para riscar pesadas faixas que passam pelo roots e também apresentam versões adubadas na Mixtape Roots JA Muzik. Bob Marley, Horace Martin, Lacksley Castell e muito mais pra climatizar o final de tarde por aí. Chega no play e faça o download dentro do player.

Favela Sound System – Facebook