A cantora Nina Girassóis estreia pelo selo Feminine Hi Fi no single Resound. Ouça

Depois da estreia em formato de selo no lançamento da faixa Loba Leoa, da Laylah Arruda, o coletivo Feminine Hi Fi tira mais um excelente trabalho do papel e embala vossa segunda-feira com música de primeira qualidade. Nome conhecido entre os frequentadores dos bailes em formato sound system de São Paulo, a paulistana Nina Girassóis é a nova aposta da gravadora das manas. A cantora desembarca aqui no mangue e apresenta o tema Resound, onde ela solta a voz na maior elegância sobre o riddim assinado pelo camarada Jeff Botto (Dubatak Records). “Escrevo sobre como morre gente e como nasce gente a cada segundo, todo dia. Sobre como uns tem de mais e outros tem de pouco, e como os que têm mais querem cada vez mais. No entanto, há o outro lado, que mostra como é bonito ver pessoas que se ajudam”, afirma Nina. Você só precisa apertar o play abaixo para entender melhor. Se gostar, fortaleça o corre da Feminine Hi Fi compartilhando o som aí na sua área. Vida longa.

Feminine Hi Fi

Assinada pelo DJ Mangue, Brasil com S é a nova mixtape do Mangroovee. Ouça e baixe

Após colocarmos na rede os dois volumes da série Onda, é com imensa satisfação que encostamos aqui na matriz para avisar vossa senhoria que o novo trampo do Mangroovee tá no ar. Assinada pelo DJ Mangue, também conhecido em um passado recente como Gusta, a mixtape Brasil com S embala seu radinho somente com músicas brasileiras mocadas. Iniciamos a viagem por terras brasilis com o malungo Chico Science passando a visão na introdução, depois você confere faixas assinadas por Projetonave, Red Lion, Síntese, OQuadro, Combo X, Alienação AfroFuturista, Eskrúpulos, YOka, Indigesto, Tatiana Bispo e 3 Pilares, além de uma dubplate especial preparada pelos camaradas Digitaldubs e Jota 3.

Você só precisa garantir o café preto aí desse lado e apertar o play abaixo para escutar mais uma trilha despachada pelo nosso selo. A arte ficou na conta do nosso irmão Matheus Mattos, que também é responsável por desenvolver todas as artes dos bailes e outras ações realizadas pela firma. Muito obrigado a todo mundo que fortalece nosso corre. Original Mangroovee.

DJ Mangue

Mangroovee no Ar #59: Question, El Michels Affair, Luiz Carlos Vinhas e Savave

Depois de colocarmos no ar o episódio especial sobre os 10 anos do disco Superação, do Contra Fluxo, voltamos até a matriz para continuar apresentando nossa saga pelas ondas sonoras das frequências moduladas. A sessão que colocamos aqui para trilhar a quarta-feira de vossa senhoria foi ao ar no último mês de maio, mas acabou ficando parada nas gavetas do mangue por algum tempo. Mas fizemos o resgate ontem à noite e cá estamos nós para deixar você por dentro de tudo aquilo que ecoou na Rádio Educativa FM 106.7 naquela oportunidade. Iniciamos com Luis Carlos Vinhas, André Sampaio & Os Afromandingas, BNegão, El Michels Affair, Hugh Mundell, Dennis Hamilton, Barrington Levy, Thiago Elniño, Dow Raiz, Gali, Funkeiro, Jamés Ventura, Savave, Hidden Orchestra, Question e Quantic. É só apertar o play, gente boa.

Pouca marra e muita ideia na entrevista do Ordem Natural para O Fino da Zica. Confira

Um dos canais brasileiros no Youtube com o qual mais nos identificamos, O Fino da Zica apresenta conteúdo interessante em todas as produções e entrevista vários nomes que passam despercebido pela grande mídia tupiniquim, mas que são muito melhores do que a maioria da rapaziada cheia de views na rede. Síntese, Lay, Sombra, Ogi, Amiri, Lívia Cruz, Edgar, Rico Dalasan, Inglês e Rincon Sapiência são alguns dos artistas em pauta na página deles. Semana passada foi a vez do Ordem Natural, representado por Lum, Gato Congelado e DJ Mako, colar no QG dos manos e trocar várias ideias sobre música, vivência, letras, Quinto Andar, entre outros temas. O título acima é sobre o vídeo onde eles falam sobre o lendário coletivo de rap formado também por Matéria Prima, Marechal, Shaw, De Leve e DJ Castro, mas aproveitamos a postagem e também colocamos aqui os outros três quadros que o Fino da Zica fez com o trio. Pouca marra e muita ideia, que é o que tá em falta na cena. Vale a pena chegar no play




Ordem Natural | O Fino da Zica

Ouça e baixe a beat tape Vida Nocturna, do Abud, novo lançamento da Beatwise Recordings

Release de número dezesseis do selo Beatwise Recordings, a beat tape Vida Nocturna é o terceiro lançamento do produtor/DJ Abud despachado pela gravadora. Antes da trilha que você confere hoje aqui no mangue, ele soltou as certeiras produções São Paulo Jazz Impressões e Fora do Tempo. Natural de São Paulo, mas radicado em Buenos Aires, o paulistano garimpou clássicos discos de boogie/funk/soul, picotou os samples e deu aquele talento nos timbres com as máquinas MPC2000 e SP404. A fita de batidas embala a sessão matinal na maciota ao som de dez instrumentais e um interlude. Você pode – e deve – fazer o download gratuito ou então colaborar com o quanto você ache justo (name your price) na BandCamp da Beatwise, onde também é possível marretar vossa cópia no formato k7. Pegue o café preto e aperte o play, gente boa.


Abud | Beatwise Recordings

O DJ PG comandou os toca-dicos antes do show do Thundercat, no Jazz na Fábrica. Ouça na íntegra

A lendária choperia do SESC Pompéia recebeu mais uma apresentação memorável no último final de semana. Estamos falando sobre os dois shows feitos pelo cantor, produtor e multinstrumentista Thundercat, que chegou na maior categoria na zona oeste de São Paulo e climatizou o Jazz na Fábrica com as faixas do disco Drunk, lançado no inicio do ano. Além de conferir o mano disparando temas como Tokyo, Friend Zone e Jethro, o público ainda foi presentado com o DJ PG (Elo da Corrente/Zulumbi) no comando dos toca-discos. O paulistano girou os pratos e mixou faixas de Kamasi Washington, Hubert Laws, Mayer Hawthorne, Robson Jorge & Lincoln Olivetti, NxWorries, Flying Lotus, entre outros. Você só precisa ficar à vontade aí desse lado e apertar o play abaixo para conferir a sessão completa comandada pelo deejay. Também aproveitamos o gancho e colocamos aqui o clipe do som Them Changes, um dos nossos vídeos preferidos do músico com nome de desenho.


DJ PG | Thundercat

Abra os caminhos com a mixtape Povo de Santo, do DJ Dubstrong

Deejay responsável por apresentar muita coisa para nossos ouvidos quando comandava nas antigas o blog Disco Devil, o Dubstrong também é a cabeça pensante por trás da clássica série de mixtapes Uptown Skank, onde ele mistura nomes nacionais e artistas da velha escola jamaicana nas produções. Não é nenhuma novidade aqui no mangue que a pesquisa dele em matéria de rap e reggae é uma das melhores do Brasil, mas no mês passado o paulistano surpreendeu e colocou na rede o resultado do garimpo feito pelas sonoridades afro-brasileiras na trilha Povo de Santo. A batucada da Curimba toma conta dos toca-discos é e embala a sessão com canções/pontos de Mario Castro Neves, Sergio Mendes, Orquestra Afro-Brasileira, Caboclo Marinheiro, Djalma Correa, Baianinha, UnbanDaime, Agenor Ribeiro e muito mais. Selecionado, firmado e mixado por DJ Dubstrong. AXÉ!

DJ Dubstrong

Ouça a mixtape em homenagem aos 25 anos do disco Mecca & The Soul Brother, do Pete Rock & CL Smoth

Sempre escalado pela revista Wax Poetics para criar mixtapes comemorativas quando alguns clássicos do rap completam datas simbólicas, o DJ Chris Read ligou os toca-discos novamente e atendeu mais um chamado da publicação estadunidense. Depois de prestar homenagens para obras assinadas por totens da história de De La Soul, Notorius BIG, A Tribe Called Quest e Pharcyde, agora, o deejay presta tributo ao cabuloso disco Mecca & The Soul Brother, da dupla Pete Rock & CL Smoth. Versões alternativas, sampleadas, edits e clássicos são alguns plays mixados com maestria pelo londrino em exatos 57 minutos e 7 segundos de sessão. O mano também liberou a tracklist completa, que ainda detalha o nome do sample original e em qual faixa Pedro Pedra e Mista Suave utilizaram o recorte. Chega mais, gente boa!

Wax Poetics | DJ Chris Read

Mangroovee no Ar #58: 10 Anos do disco Superação, do Contra Fluxo

Durante os 7 anos de caminhada do Mangroovee e os 28 de vida desse que vos escreve por aqui, o disco Superação, do Contra Fluxo, é, com certeza, a trilha número 1 do nosso expediente. Escutamos todo dia pelo menos uma faixa do clássico álbum duplo lançado em 2007 pelo grupo paulistano formado por Mascote, Ogi, Munhoz, Dejavu e DJ´s Big Edy e William. Aproveitamos o aniversário de 10 anos do registro e acionamos nosso camarada Mascote para tirar do forno uma edição especial do Mangroovee no Ar sobre uma década de vida do trabalho em questão. Além do integrante do Contra, também trocamos ideia – via whats app – com Rodrigo Brandão, Dario Beats e Jamés Ventura, que são alguns dos convidados da trilha.

Gostamos bastante do episódio abaixo. É louco demais ter o aval dos caras e ajudar a propagar um trabalho tão importante na história do mangue. Logo mais, a partir das 22h, você vai poder conferir no rolê de carro a sessão na Rádio Educativa FM. Porém, se tiver afim de conferir agora, é só chegar no play. Gostaríamos de agradecer a todo mundo que fortalece nosso trabalho. Um salve especial para Mascote, Rodrigo Brandão, Jamés Ventura e Dario Beats, que toparam fazer essa edição. Vida longa ao Contra Fluxo e a todos aqueles que fazem música com o coração.

Mangroovee no Ar | Contra Fluxo

O coletivo Reticência tá de volta. Ouça o single Instinto

É com grande satisfação que colamos no endereço virtual do mangue para avisar vossa senhoria sobre a volta dos nossos conterrâneos e amigos do Reticência. Formado pelos camaradas Andino, Benfa, Coleti, Drop, Fabião e Haruan e , o coletivo de São José do Rio Preto voltou às atividades na semana passada com a faixa Instinto, que coloca fim no hiato de dois anos sem lançamento da banca. Assinado pelo Projeto Sinestesia, o instrumental chega bem sujo e faz a cama perfeita para Drop, Andino, Coleti e Benfa deslizarem a levada com a categoria de sempre. Você só precisa apertar o player abaixo para se ligar na nova faixa disparada pelo estúdio Três Pontos Records e, de quebra, valorizar a música rio-pretense.

Reticência | Três Pontos Records